Atualize seu navegador!
Notícias

07 DE AGOSTO - Mobilização em ROLÂNDIA e em todo o BRASIL - SIM para as Escolas Especiais, NÃO para a Inclusão Radical - Convocamos a Comunidade a Participar

Em atenção aos Pais, Familiares, Alunos, Professores, Funcionários , Gestores das APAEs, Coirmãs filiadas e entidades de outros segmentos, Voluntários, Colaboradores e todos aqueles que acreditam nos serviços que vem sendo prestados pelas APAES ao longo dos anos.

MOBILIZAÇÃO EM ROLÂNDIA NO DIA 07 DE AGOSTO (QUARTA-FEIRA AS 9:00HS DA MANHà - SAÍDA DA APAE - RUA SANTA CATARINA, 459.

ENTENDA POR QUE ESTAMOS NOS MOBILIZANDO.

 

Prezados (as) Senhores (as):

O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO - (PNE) está em vias de ser votado no Senado Federal. Ocorre que houve, mais uma vez, alteração na redação da Meta 4, o que prejudica nossas entidades.

Por isso é importantíssimo, bem como urgente a nossa mobilização institucional.

A expectativa é que o PNE seja analisado pelo Plenário do Senado Federal após a conclusão da votação do projeto de lei que destina os royalties do petróleo à educação e saúde, recursos para o financiamento da educação, que foi alterado pelos senadores e vai retornar à Câmara.

O Presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) é o relator do PNE na CCJ, ele assumiu compromisso de ouvir representantes do Fórum Nacional de Entidades de e para Pessoas com Deficiência. A Presidente Aracy Ledo (Fenapaes) participou da reunião do fórum, ficando agendado um dia de mobilização nos estados e uma grande mobilização nacional em Brasília. Vamos participar !!!

O movimento apaeano, sob coordenação da Federação Nacional fará manifesto pacífico e ordenado em cada estado em frente a cada Assembleia Legislativa.

Aqui no Estado do Paraná nossas entidades procederão de maneira diferenciada, em virtude de que o Governo do Estado e a Secretaria da Educação não tem medido esforços para nos conferir o reconhecimento como Escola de Educação Básica na Modalidade de Educação Especial. Precisamos esclarecer que nosso manifesto é contra o MEC – Ministério da Educação.

Esta Federação está ciente de seu papel e persegue atuante na sua função. Igualmente, reconhece que ao longo dos últimos anos o relacionamento entre integrantes do movimento e o Governo do Estado, principalmente o professor Flávio Arns, sempre foi pautado pelo diálogo obtido pelas portas sempre abertas de seu Gabinete e assim pretendemos que permaneça.

Portanto, no Estado do Paraná, recomendamos a mobilização da seguinte maneira:

* Dia 07 de agosto - Em cada município sede de APAE sugerimos uma mobilização convocando todas as pessoas envolvidas, de alguma maneira, com as atividades apaeanas.
 Importante também a presença dos familiares.

A comunidade precisa saber que o motivo de estarmos indo para as ruas é porque o MEC quer acabar com as escolas especiais mantidas pelas APAES.


MEC:
SIM para as escolas especiais
NÃO para a inclusão radical


* Dia 14 de agosto - uma grande mobilização nacional em Brasília com presença das APAES de todo o Brasil.

O QUE O MEC QUER?
Acabar com as escolas especiais mantidas pelas APAES (escolas que prestam serviços exclusivamente para as pessoas com deficiência intelectual). O MEC quer que todos sejam matriculados nas escolas públicas da rede regular de ensino.


O QUE QUEREMOS?
Queremos continuar oferecendo a educação especial com a eficiência e a credibilidade da marca APAE ao longo dos últimos 59 anos.


POR QUE ESTAMOS NAS RUAS?

• Porque o Senado Federal votará nos próximos dias o PNE (Plano Nacional de Educação). O PNE da forma como foi aprovado pelos Deputados Federais na Câmara dos Deputados contempla o pedido das escolas especiais na redação da Meta 4. Quando o PNE foi para o Senado, o senador José Pimental mudou a redação da Meta 4 em prejuízo do nosso segmento.

• Porque o MEC nunca ouviu os representantes dos segmentos.

• Porque entendemos que as escolas especiais e as escolas da rede regular podem conviver simultaneamente;

• Porque acreditamos que a opção dos pais e da família deve ser privilegiada. Cada pai, cada mãe que tem seu filho matriculado em escola MANTIDA PELA APAE, saberá mais do que ninguém optar qual é a escola que tem melhores condições de atender aos interesses de seu filho(a).

• Porque precisamos do PNE com a redação aprovada na Câmara dos Deputados para que possamos receber recursos advindos do FUNDEB, MERENDA E TRANSPORTE ESCOLAR.

• Porque no estado do Paraná são 41.000 alunos atendidos pelas Coirmãs filiadas.

• Porque a rede regular não oferece condições de assumir de imediato esse quantitativo de alunos.


Portanto, seja solidário! Tome uma atitude! Procure a Apae do seu município para enviar mensagens de apoio para a manutenção das escolas especiais.